Concurso Eletrobras Alagoas 2015 tem vagas abertas





Restam poucos dias para o fim do período de inscrições para o concurso público da Companhia Energética de Alagoas controlada pela Eletrobras. Regido pelo edital nº 1/2014, o concurso visa ao preenchimento de 19 vagas, mais formação de cadastro de reserva para profissionais de nível médio e superior. A banca organizadora do concurso será a empresa Metrópole Soluções, que ficará a cargo das diferentes etapas da seleção. Os interessados podem se inscrever até o dia 19 de dezembro, no site da organizadora do certame www.metropolesolucoes.com.br.

As inscrições são taxadas em R$ 50,00 ou R$ 70,00, conforme o cargo pretendido e o grau de escolaridade exigido. Os aprovados receberão salários que variam de R$ 2.270,04 a R$ 4.479,91, conforme a função exercida, pelo cumprimento de jornada de 40 horas por semana. Lembrando que esta seleção irá destinar 5% das vagas aos candidatos portadores de necessidades especiais, contudo as atribuições do cargo devem ser compatíveis com a deficiência do candidato. Além disso, ele deverá comprová-la por meio de laudo médico.




O edital visa o preenchimento de cargos de Profissional de Nível Superior, Profissional de Nível Médio Suporte e Profissional de Nível Médio Operacional e demais profissionais com formações superior nos cursos de Engenheiro Elétrico (3), Analista de Sistemas (1), Comunicação Social (1), Analista de Sistema – Administração de Banco de Dados (1) e Administração de Rede (1), Assistente Social (1), Contador (1), Administrador (1), Advogado (1), Técnico em Segurança (1), Técnico em Telecomunicações (1) e Técnico em Eletrotécnica (2).

As provas serão realizadas em datas, locais e horários a serem definidos e informados pela organizadora no site das inscrições. Cabe aos candidatos verificar essas informações e comparecer ao local da prova com antecedência. Alguns cargos ainda serão submetidos a Exame Clínico Complementar.


O certame será válido por um ano, com possibilidade de ser estendido por mais um ano, conforme as necessidades da administração pública. 

Por Ana Rosa Martins Rocha

Comentários