Concurso Marinha 2019 – Vagas para Praça de Segunda Classe





Seleção oferece 551 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 15 de dezembro de 2019.

A Marinha do Brasil está com inscrições abertas para concurso que se destina a preencher 551 vagas de trabalho temporárias para o Serviço Militar Voluntário (SMV), para os cargos de Praça de Segunda Classe. Editais foram divulgados pelos nove Distritos Navais Brasileiros.

Podem concorrer às vagas candidatos com idades entre 18 e 44 anos, de ambos os sexos. Há cargos para nível fundamental e médio/técnico, com salários que variam de R$2.320,00 a R$ 3.380,00.




Para se inscrever, basta acessar o site https://www.marinha.mil.br e escolher o Distrito Naval para o qual você gostaria de realizar sua inscrição. As inscrições vão até o dia 15 de dezembro e a taxa de inscrição é de R$46,00.

Vagas disponíveis

Há vagas para eletricista, soldador, edificações, eletrônica, metalurgia, mecânica, eletrotécnica, marcenaria, radiologia médica, enfermagem, química, patologia química, farmácia, processamento de dados, telecomunicações, administração hospitalar, motorista, manutenção automotiva, estruturas navais, manutenção de máquinas navais, prótese dentária, higiene dental, barbeiro, entre outras.


Prova

A prova está marcada para o dia 22 de março e contará com 50 questões de múltipla escolha da área de língua portuguesa e conhecimentos militares-navais. Na área de língua portuguesa, o conteúdo será sobre gramática: ortografia, acentuação, uso do hífen e da crase; fonética: sílaba, fonema e letra (correspondência ou não entre ambas); encontros consonantais e vocálicos, dígrafos; morfologia: formação e estrutura das palavras, classes de palavras; frase, oração, período, termos que compõem a oração; aspectos de concordância da frase (verbal e nominal), pronomes relativos.

Questões de compreensão e interpretação de texto também serão cobradas: texto e contexto (polissemia e ambiguidade, semelhanças e diferenças entre ambas); linguagem denotativa e conotativa; coesão e coerência; relações lexicais; gêneros textuais; figuras de linguagem; variação linguística e adequação vocabular, norma culta, variedades sociais e regionais, formal e informal. A bibliografia de língua portuguesa sugerida é:

  • BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. Rio de Janeiro: Lucerna, 2009.
  • CUNHA, Celso & CINTRA, Lindley. Nova Gramática do Português Contemporâneo. Rio de Janeiro: Lexikon, 7ªed. 2016.
  • TERRA, Ernani. Curso Prático de Gramática. São Paulo: Scipione, 4.ed., 2015.
  • HOUAISS, Antônio; VILLAR, Mauro de Salles. Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro, Objetiva, 2009.
  • KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e compreender: os Sentidos do Texto. São Paulo: Contexto, 3.ed., 2015.

Na área de conhecimentos militares e navais, os conteúdos serão: Constituição Federal e Forças Armadas, Constituição Federal e a Segurança Pública; Legislação Militar- Naval, Estatuto dos Militares; Relações Humanas e Liderança; História Naval.

A bibliografia sugerida é: Presidência da República. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Título V. capítulos II e III. Promulgada em 5 de outubro de 1988*.

  • LEGISLAÇÃO MILITAR-NAVAL BRASIL. Lei nº 6.880, de 9 dezembro de 1980 e suas posteriores alterações. Estatuto dos Militares. Títulos I e II. Brasília, 1980. Diário Oficial da União*.
  • BRASIL. Decreto nº 88.545, de 26 de julho de 1983. Regulamento Disciplinar para a Marinha. Títulos I, II e IV. Vade Mécum Naval. Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha. Ed. rev. Rio de Janeiro, 2009*.
  • RELAÇÕES HUMANAS E LIDERANÇA BRASIL. Marinha do Brasil. Estado-Maior da Armada. EMA-137 – Doutrina de Liderança da Marinha. Capítulo 1, rev. 1. Brasília, DF, 2013*.
  • BITTENCOURT, A. de S. Introdução à História Marítima Brasileira. Capítulo 4 ao 8. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação da Marinha, 2006.

*Todos disponíveis para download no site do STF (http://www.stf.jus.br/arquivo/cms/legislacaoConstituicao/anexo/CF.pdf), Planalto (https://www.marinha.mil.br/com5dn/sites/www.marinha.mil.br.com5dn/files/RDM.pdf) e Marinha (https://www.marinha.mil.br/com1dn/sites/www.marinha.mil.br.com1dn/files/upload/EMA %20137%20CAP%C3%8DTULO%201%20REV.1_1.pdf), respectivamente.

Após a prova escrita, o candidato passará pela verificação de documentos, inspeção da saúde física e mental, teste físico e a análise de títulos.

Uma vez selecionado, o candidato cumprirá estágio inicial de 12 meses e depois poderão ser incorporados, podendo permanecer até oito anos na Marinha, podendo ocorrer renovação, que fica a cargo dos critérios elaborados por cada Distrito Naval.

Sabrina Ferraz Fraccari

Comentários