Concurso MP-SP 2017 – Promotor de Justiça Substituto





Ministério Público de São Paulo prevê concurso com 67 oportunidades.

O MP-SP, Ministério Público do Estado de São Paulo, está discutindo de forma interna a execução de um processo público de seleção destinado à ocupação da vaga de Promotor de Justiça Substituto. O objetivo do órgão será disponibilizar 67 oportunidades para esta carreira.

O cargo de promotor é destinado para todos profissionais que possuem formação em bacharelado em Direito e que também contem com pelo menos três anos exercendo atividades no segmento jurídico. O salário inicial para os candidatos que forem aprovados e exerce a atividade correspondente será de R$ 24.818,71 mensais.




Segundo informações presentes na página eletrônica do próprio órgão, as vagas para este processo seletivo estão abertas e devem ser preenchidas. A instituição atualmente possui um quadro com um total de 228 promotores substitutos, onde 155 deles já se encontram ocupados, isto é, 73 estão vagos e serão preenchidos somente através deste processo público de seleção.

Agora, a abertura deste certame do Ministério Público se encontra em discussão através da Comissão de Assuntos Institucionais, porém, acredita-se que o mesmo não demore muito para ser realizado.


Como se preparar para a vaga de promotor substituto

Os candidatos que tem interesse no certame precisam iniciar seus estudos o mais rápido possível, visto que as avaliações para este cargo costumam contar com um conteúdo programático muito grande.

No último concurso público realizado, diversos temas foram abordados como da seguinte forma: tutela de interesses difusos, individuais e coletivos homogêneos (14 questões), direito processual penal (12 questões), direito penal (15 questões), direito processual civil (10 questões), direito civil (10 questões), direito da infância e da juventude (6 questões), direito constitucional (12 questões), direito comercial e empresarial (4 questões), direito administrativo (10 questões), direito eleitoral (3 questões) e direitos humanos (4 questões).

Depois da realização da avaliação objetiva, os candidatos do concurso do órgão irão passar por avaliações escritas (peça prática, questões dissertativas e dissertação), além de entrevista pessoal, exame oral, inscrição definitiva, sindicância sobre a vida pessoal pregressa e também da investigação social e exame psicotécnico.

Lembrando que o Promotor de Justiça é um defensor dos interesses comuns da sociedade.

FILIPE R SILVA

Comentários