Concurso para Escrivão da PC-DF 2019 – Previsão de Edital





Nova seleção deve ofertar 300 vagas de Escrivão. Edital deve ser divulgado nos próximos dias.

O próximo edital da Polícia Civil pode sair a qualquer momento. O próximo concurso oferece 300 vagas, a priori. Confira mais detalhes agora.

A Polícia Civil do Distrito Federal, a PCDF, anunciou recentemente que abriria um edital com 300 vagas para trabalhar como escrivão. E parece que esse momento está próximo. Depois da divulgação no diário oficial, no dia 6 de novembro, em que a banca organizadora da Cebraspe assinou o contrato oficial, os policiais tem 15 dias para liberar o edital. As organizações avançaram, já que no dia 12, nessa última terça-feira, o processo do certame avançou significativamente. Logo, espera-se que a publicação do edital saia logo, ainda nessa próxima semana. Aqueles que pretendem se candidatar devem, assim, ficar alertas.




Acredita-se que o concurso para escrivão será o primeiro de uma série de outros processos seletivos que serão organizados pela Polícia. A estimativa de vagas é de 2.100 vagas, contando com esse primeiro edital, com 300 vagas ofertadas. Uma das provas para essa afirmação vem do diário oficial, onde o governador Ibanens Rocha autoriza a contratação de mais 1.800 profissionais para trabalhar em postos de agente, com 600 para chamada imadiata e mais 1.200 cadastros para reserva de pessoal.

Para os agentes, espera-se um prazo maior por conta da autorização governamental. Segundo essa autorização, o órgão conta com 180 dias para a publicação do edital para abertura das inscrições. Ao fazer os cálculos, é possível pensar em uma data para a liberação, para o dia 5 de março de 2020.


Sobre o último edital

O último concurso aplicado pela Polícia Civil do Distrito Federal em 2016. Contou com 100 vagas para o cargo de perito criminal, com 20 contratações imediatas e 80 cadastros para reserva de pessoal. Antes de 2016, no ano anterior, 2015, a Polícia aplicou outro concurso para a contratação de 417 profissionais com nível superior, com 170 vagas para preenchimento imediato e 247 para cadastro de reserva de pessoal. Desse concurso, entraram papiloscopistas, com 50 candidatos para chamada imediata e 107 cadastros de reserva, peritos médicos legistas, com 20 vagas para chamada imediata e 40 para cadastro de pessoal, e delegados de polícia, que ocuparam 100 vagas de chamada imediata e mais 100 cadastros de reserva.

Sobre o cargo de escrivão

O último concurso a ofertar vagas para escrivão foi em 2013. Nesse ano, foram oferecidas 98 vagas para trabalhar como escrivão. Os pretendentes foram submetidos a vários testes, como provas objetivas e discursivas, exames biométricos e avaliação médica, testes de capacidade física, prova de digitação, avaliação psicológica, análise de títulos, sindicância de vida pregressa e investigação social. Contudo, todos que passaram nos testes receberam passe livre para o curso de formação profissional.

A prova objetiva contou com 120 questões, a serem 50 questões de conhecimentos básicos, como língua portuguesa, atualidades, raciocínio lógico, informárica, estatística e administração, e 70 questões de conhecimentos específicos, como direito constitucional, noções de direito administrativo, direito penal, direito processual penal, legislação específica e legislação penal extravagante.

Segundo professores da CERS, os interessados, além de possuírem vocação para atuar na parte policial, precisam estudar acirradamente para esses concursos. Os professores ainda complementam que a tendência é que o cenário fique cada vez mais competitivo, e é necessário acompanhar essa evolução. Estudar as metodologias de avaliação aplicadas nos processos seletivos é uma boa forma de se preparar. Entender como a prova funciona pode e deve ser mais útil do que entender a matéria propriamente dita. O excesso de matérias e a especificidade atrapalham bastante o candidato que muito estudou sobre determinado assunto, e muito pouco sobre outro. Mas, ao entender a prova e o seu funcionamento, é possível passar até em caso de esquecimento da matéria.

DAVI GABRIEL SOARES

Comentários