Concurso PC PA 2020 – Banca Organizadora é Definida





Seleção ofertará oportunidades para cargos Técnicos.

A Polícia Civil do Pará, PC PA, abrirá edital em breve e a banca já foi escolhida. O concurso oferece vagas para cargos técnicos. Confira mais detalhes aqui.

O concurso da Polícia Civil já está quase pronto para ser aplicado. O novo concurso busca suprir a demanda de técnicos e oferece 11 vagas para técnico em gestão pública e técnico em gestão de informática. Esses níveis contam com exigência de formação superior completa. A banca responsável pela organização do processo seletivo é a Assessoria em Organização de Concursos Público, a AOCP. Ainda não há uma data prevista para o lançamento do edital, mas há quem diga que ele deverá ser lançado em breve.




As vagas do concurso contemplam 9 candidatos para o serviço como técnico em gestão pública, a ter graduação de assistência social como exigência, 1 vaga para técnico em gestão pública, a ter graduação em contabilidade como exigência para a posse do cargo, e 1 vaga para técnico em gestão de informática, a ter graduação de engenharia de sistemas como exigência para a posse do cargo. Segundo dados dos servidores, a remuneração inicial oferecida para esses dois cargos é de R$ 2.727,54 por mês.

Sobre o último concurso da Polícia Civil do Pará

O último processo seletivo aconteceu há 3 anos atrás. No ano de 2016, a PC PA ofertou 650 vagas para graduados no ensino superior. Ao todo, foram 150 vagas para delegado, 300 vagas para investigadores, 180 vagas para escrivão e 20 vagas para papiloscopista. A prova foi organizada pela Funcab, Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt, e teve caráter objetivo, com 80 questões. Além disso, o processo contava com análise de peça processual, testes de capacitação física, flexo-extensão de cotovelos, corrida de 12 minutos, abdominal e natação, exames médicos e psicológicos, e investigação criminal de social.


Sobre a AOCP

O Instituto de Assessoria e Organização de Concursos Públicos é uma associação civil, sem fins lucrativos, de cunho organizacional e educacional. A organização foi fundada sob a forma jurídica de direito privado.

Os objetivos da organização envolvem o desenvolvimento de projetos na parte educacional, a fim de disponibilizar atividades complementares de ensino para a comunidade. Essas atividades são feitas com a intenção de criar, propor, disseminar e executar programas de treinamento e de desenvolvimento, estudos e pesquisas para ajudar as comunidades de ensino que se encontram em situação precária, ou de risco. Além disso, a Associação busca inserir o indivíduo excluído socialmente em ações de desenvolvimento social humano, para que a reintegração na sociedade seja executada com sucesso.

O Instituto trabalha com a aplicação de excedentes em aplicações para realização de ações beneficentes na comunidade. Existe, de fato uma preocupação com a comunidade, e para isso, a AOCP trabalha a ter como base os princípios de legalidade, moralidade, impessoalidade, publicidade, eficiência e economicidade.

O Institudo AOCP tem como finalidade o desenvolvimento de projetos na parte de educação, para propor a integração entre os indivíduos. Os principais objetivos desse movimento consistem no crescimento mútuo e na disponibilização para a população em geral, em um caráter complementar às atividades que são desenvolvidas pelo estado.

A principal fonte de renda para que essas ações sejam realizadas é o empenho da equipe no desenvolvimento de concursos públicos e processos seletivos. A Organização trabalha como banca na organização de processos seletivos para todo o Brasil, ao atender instituições como órgãos municipais, estaduais, federais, e também, empresas públicas e privadas. Alguns dos últimos trabalhos com organização de processos seletivos foram o concurso da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, para a Prefeitura Municipal de Cariacica, no Espirito Santo e para a SESAB – Secretaria de Saúde no Estado da Bahia.

DAVI GABRIEL SOARES

Comentários