Concurso TRT-RN 2017/2018 – Vagas para Técnico e Analista Judiciário





Inscrições podem ser feitas até o dia 11 de outubro de 2017.

No estado do Rio Grande do Norte, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT RN – 21ª Região) anuncia que estão abertas as inscrições para seu concurso. Se você estuda para obter sua tão sonhada aprovação em concursos públicos, não fique de fora. Acesse o site para efetuar sua inscrição.

Os interessados devem acessar o endereço eletrônico até o dia 11 de outubro (quarta-feira). São oferecidas oportunidades tanto para quem possui escolaridade de nível médio, como para quem tem nível superior completo. Além de preencher as 3 vagas anunciadas no edital, o processo seletivo visa formar cadastro reserva.




Os cargos anunciados são de técnico judiciário da área administrativa e analista judiciário – área judiciária. O salário oferecido para os iniciantes nas carreiras são R$ 6.376,41 e R$ 10.461,90, respectivamente.

As inscrições custam R$ 80 para técnico e R$ 120 para analista. A última data para pagamento do boleto é 11 de outubro (quarta-feira).


Há chances para pessoas com necessidades especiais e que se autodeclaram pretos e pardos.

A organizadora do certame é a Fundação Carlos Chagas (FCC).

Se o candidato for portador de necessidade especial, deve especificar no formulário de inscrição. Além disso, é necessário enviar laudo médico atestando a Classificação Internacional de Doença – CID.

Para exercer a função de analista é necessário ter diploma de graduação em Direito. Confira outros requisitos exigidos para todos os cargos: ter no mínimo 18 anos, estar em dia com as obrigações eleitorais, militares e em pleno gozo dos direitos políticos, entre outros.

Provas

Os candidatos farão provas objetivas. Quem concorrer ao cargo de analista, fará 20 questões sobre conhecimentos básicos e 40 sobre conhecimentos específicos e ainda deverá fazer uma prova discursiva no tempo total de 4 horas de avaliação. Haverá correção de redações dos candidatos classificados até a posição 240. Já quem for fazer a prova de técnico responderá a 30 quesitos sobre conhecimentos básicos e 50 sobre os assuntos específicos.

A data prevista para aplicação das provas é no dia 10 de dezembro (domingo), na capital do estado, Natal, no período da manhã para todos os cargos.

As disciplinas cobradas em conhecimentos básicos para todos os cargos são: português e noções de direitos das pessoas com deficiência. Já os conhecimentos específicos para o cargo de analista são: direito constitucional, direito do trabalho, direito administrativo, direito processual do trabalho e direito previdenciário. Para a função de técnico serão cobrados conhecimentos específicos sobre as seguintes matérias: noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, direito do trabalho, noções de administração, orçamento público e direito processual do trabalho.

O local de prova estará disponível para consulta no site da organizadora a partir de 1º de dezembro.

O resultado final será divulgado na data provável de 19 de março de 2018 (segunda-feira).

Atribuições

As atribuições do cargo de técnico judiciário são: emitir parecer, prestar informações gerais ao público, controlar materiais de consumo e permanente, fornecer auxílio técnico e administrativo, expedir e arquivar documentos e correspondências, entre outras atividades.

Confira algumas das responsabilidades pertinentes à função de analista judiciário: confeccionar minutas de votos, fundamentar a análise de processo, emitir parecer, fornecer suporte técnico e administrativo aos magistrados, atualizar e consultar informações em base de dados, entre outras tarefas.

Há expectativa de que, até o final de 2018, haja mais de 120 cargos vagos, tendo em vista que muitos servidores vão se aposentar.

Segundo o TRT 21ª Região, o concurso será válido por 2 anos, podendo ser prorrogado por igual período, uma única vez e a critério do tribunal.

Não deixe essa chance passar. Aproveite e faça sua inscrição no concurso do TRT RN.

Veja mais informações no site.

Melisse V.

Comentários